CORREDOR DO TRÁFICO: Mato Grosso do Sul já registra o dobro de apreensões de drogas de janeiro a abril em relação ao mesmo período do ano passado.

Please enter banners and links.

Corredor do tráfico de entorpecentes, Mato Grosso do Sul fechou o primeiro quadrimestre do ano com o dobro de apreensões de drogas no comparativo com o mesmo período de 2020.

De janeiro a abril de 2021 foram 192,4 toneladas. No ano passado, o quadrimestre contabilizou 98 toneladas. O comparativo mostra aumento de 96%.

“Ações de inteligência nortearam todas estas ações e operações, que resultaram nestes quatro meses com mais de 192 toneladas de drogas até abril. Hoje, já ultrapassamos 200 toneladas, que é um relevante serviço não apenas para Mato Grosso do Sul, mas ao restante do País”, afirma o titular da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), Antônio Carlos Videira.

Em entrevista ao portal de notícias do governo, o secretário afirma que os carregamentos apreendidos em Mato Grosso do Sul chegariam a grandes centros consumidores do Brasil e do exterior.

Durante todo 2020, a apreensão recorde de drogas ultrapassou as 750 toneladas. “Além de investir em segurança, o Estado soube fazer a integração dos órgãos estaduais com os federais, principalmente com o Ministério da Justiça”, diz Videira.

Num único flagrante, em agosto do ano passado, policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) tiraram de circulação uma carga de 33,3 toneladas de maconha em Maracaju.

– CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *